Polvilho de Lobeira Diabetes Pâncreas

Polvilho de Lobeira 120 Cápsulas 500mg

O Polvilho de lobeira tem seu uso medicinal importante no tratamento do diabetes. É usado para regular a taxa de glicose, triglicérides e colesterol. Reduz a pressão arterial e o excesso de peso.

O Polvilho de lobeira tem a capacidade de regeneração das células beta, que são as responsáveis pela produção de insulina no pâncreas. Estabiliza a glicemia em níveis aceitáveis. Em pesquisas sobre o efeito do Polvilho de lobeira o diabetes, relataram eficácia na regeneração pancreática.

SUGESTÃO DE USO: 1 capsulas 3 vezes ao dia ou conforme orientação profissional de saúde.

Mais informações abaixo:

 

R$76,89

2 em estoque

Este produto é vendido e entregue por Produtos Naturais Tiago Rocha

Aproveite e veja também

Informações do produto

Descrição

Polvilho de Lobeira Diabetes Pâncreas

Polvilho de Lobeira 120 cápsulas 500mg

NOME DO PRODUTO : Polvilho de Lobeira

QUANTIDADE : 500mg  120Cápsulas

SUGESTÃO DE USO: 1 capsulas 3 vezes ao dia

Descrição:

Lobeira (Solanum lycocarpum) espécie encontrada no cerrado brasileiro, conhecida popularmente por jurubebão, berinjela-do-campo, maçã-do-cerrado e fruta-do-lobo.

Ela faz parte da dieta alimentar do lobo-guará, que segundo relatos, tem ação terapêutica contra o verme-gigante-dos-rins. Por isso a planta foi nominada popularmente de fruta-do-lobo.

O Polvilho de lobeira tem seu uso medicinal importante no tratamento do diabetes. É usado para regular a taxa de glicose, triglicérides e colesterol. Reduz a pressão arterial e o excesso de peso.

O Polvilho de lobeira tem a capacidade de regeneração das células beta, que são as responsáveis pela produção de insulina no pâncreas. Estabiliza a glicemia em níveis aceitáveis. Em pesquisas sobre o efeito do Polvilho de lobeira o diabetes, relataram eficácia na regeneração pancreática.

Propriedades da Lobeira:

Ela possui variadas propriedades terapêuticas tais como antidiabética, antiespasmódica, hipocolesterolêmica, hipoglicêmica, hipotensor e lipolítica.

Mecanismo de Ação:

Esse polvilho tem a capacidade de regeneração das células beta, que são responsáveis pela produção de insulina no Pâncreas.

Em trabalho publicado no Jornal da Saúde (ano IV Julho de 1993, pg 4), o Dr. Gaspar César confirma o sucesso da planta na Reativação Pancreática, e da estabilização da glicemia a níveis aceitáveis. Ainda o Dr. Gaspar adverte da necessidade de acompanhamento rigoroso e periódico dos níveis de glicose no sangue, mantendo-se quando necessário, apoio insulínico ou a administração de hipoglicemiantes orais até que a restauração lenta do Pâncreas ocorra em grau satisfatório, a ponto de estabilizar a glicemia.

Em pesquisa realizada pelo endocrinologista V.H.P.Brandão, foi possível demonstrar a eficácia do Polvilho da Lobeira na regeneração pancreática, inoculando camundongos com Aloxona, substância que provoca a destruição das células produtoras de insulina, esses animais se tornaram diabéticos.

O grupo desses camundongos  foi tratado com o Polvilho da Lobeira e apresentou aumento significativo das células beta. O grupo controle que não recebeu nenhum medicamento permaneceu com as alterações produzidas pela Aloxona. O autor recomenda uma dosagem intensa de Polvilho por um período não inferior a dez meses.

BENEFICIOS :

O polvilho lobeira são utilizados por apresentarem efeitos, calmante, sedativo, antiepilético, antiespasmódico, e anti-inflamatório.

Entretanto, a principal utilização popular é para o tratamento do Diabetes Mellitus e da obesidade, reduzindo os níveis de colesterol.

Polvilho de Lobeira Diabetes Pâncreas

Advertência Gestantes, idosos, crianças, lactantes e pessoas que apresentam doenças ou alterações fisiológicas, somente devem consumir este produto sob orientação de nutricionista ou médico.

Informação adicional

Peso 0,100 kg
WhatsApp chat