Kit Farinhaço 3 Potes Energia Tirosina/Dopamina E GANHE magnésio DIMALATO

COMPRE O KIT COM 3 POTES NA PROMOÇÃO POR 389,00 (CADA UM SAI POR 129,30) E GANHE AINDA DE BRINDE  O magnésio DIMALATO !!!!

A dopamina é produzida por neurônios dopaminérgicos, e essa produção se dá a partir do aminoácido tirosina. A tirosina é convertida em L-DOPA, e essa é descarboxilada, formando a dopamina.

O Farinhaço possui alto teor de Tirosinas, por isso os benefícios são fantásticos.

BENEFÍCIOS:

*Ajuda em casos de depressão onde a pessoa está sem ânimo e energia para fazer as suas atividades,

*Auxilia em casos de desânimo e falta de energia física e mental,

*Auxilia com a energia física e sexual/libido para ter vigor físico,

*Auxilia para vencer e largar vícios de dependência que forem de origem nutricional por causa da falta de L-Dopamina.

*Força e energia para atletas em seu pré-treino de academias e exercícios físicos e mentais.

*Ajuda no funcionamento da Tireoide, pois o Farinhaço é rico em tirosinas.

*Aumenta o raciocínio e a concentração.

*Auxilia no controle do apetite.

*Importante para o humor, a motivação, a qualidade de sono, o nível de aprendizado e a memória.

*Auxilia para amenizar sintomas da doença de Parkinson e Esquizofrenia.

Um suplemento que produz a ENERGIA que seu dia todo precisa.

Mais informações e modo de usar abaixo:

Aproveite também e seja um dos nossos consultores em sua cidade: saiba mais no watss 48 99621-9848 ou aqui mesmo no site oficial

R$399,90

Este produto é vendido e entregue por Produtos Naturais Tiago Rocha

Aproveite e veja também

Informações do produto

Descrição

Kit Farinhaço 3 Potes Energia Tirosina/Dopamina E GANHE magnésio DIMALATO

O que é a dopamina?

A dopamina é um neurotransmissor, da família das catecolaminas, que atua em algumas áreas cerebrais e desempenha importante papel nas mesmas.

Quem produz a dopamina?

A dopamina é produzida por neurônios dopaminérgicos, e essa produção se dá a partir do aminoácido tirosina. A tirosina é convertida em L-DOPA, e essa é descarboxilada, formando a dopamina. O Farinhaço possui alto teor de Tirosinas, por isso os benefícios são fantásticos.

Dopamina e Doença de Parkinson

A doença de Parkinson é um distúrbio neurodegenerativo que afeta a via nigroestriada, especificamente os seus neurônios dopaminérgicos. É uma doença que acomete principalmente idosos.

Por algum motivo, esses indivíduos perdem de forma exagerada os neurônios dopaminérgicos nessa região e assim desenvolvem a doença de Parkinson.

Dopamina e o Sono

Sabe-se que, a dopamina é uma das aminas que compõe o sistema monoaminérgico ativador ascendente, que possui um importante papel no ciclo sono vigília, especialmente na vigília.

Estudos mostram que além desse papel na vigília, a dopamina apresenta um efeito na regulação do sono. O sistema dopaminérgico da substância negra pars compacta está envolvido na regulação do sono.

Alguns dados que corroboram com essas informações é que pacientes com a doença de Parkinson possuem distúrbios do sono, e experimentos mostram que lesões de neurônios dopaminérgicos cursam com alterações do sono.

Dopamina e Esquizofrenia:

A doença é marcada por distúrbios dos níveis de dopamina em duas áreas: via mesocortical e via mesolímbica.

Na via mesocortical ocorre redução de dopamina, e como resultado surgem alguns sintomas conhecidos como sintomas negativos.

Dopamina e Depressão:

O sistema de recompensa permite que nós tenhamos uma reação de acordo com um determinado estímulo, dessa forma, se algo muito bom acontece esse sistema promove motivação e prazer pela recompensa boa.

A dopamina participa desse sistema de recompensa, atuando especialmente no núcleo accumbens, que compõe a via mesolímbica.

Assim, a redução da dopamina na via mesolímbica está relacionada a uma disfunção do sistema de recompensa, levando assim à depressão.

Nota-se uma redução do afeto positivo, e o indivíduo apresenta humor deprimido e perda da felicidade do prazer, entusiasmo, redução da autoconfiança. O indivíduo perde o entusiasmo, se torna apático.

Dopamina e Dependência:

Assim como na depressão, a redução de dopamina pode interferir no sistema de recompensa cerebral.

Isso acontece pois havendo uma redução da ativação do sistema de recompensa, quando o indivíduo descobre alguma atividade, alguma ação que promova ativação desse sistema, ele começa a repetir essa ação para obter sua recompensa, o prazer, por mais que seja momentâneo (justamente isso que faz com que ele repita tal ação de forma constante e involuntária, tornando um vício).

Quadros de dependência são muito comuns com drogas, como cocaína, heroína. O motivo é simples: essas drogas aumentam o efeito dopaminérgico.

A heroína aumenta a liberação de dopamina pelos neurônios dopaminérgicos e a cocaína aumenta a disponibilidade da dopamina para seus receptores.

Com o aumento do efeito dopaminérgico sobre o sistema de recompensa cerebral, o indivíduo consegue atingir sua recompensa, o seu prazer.

Dopamina e Apetite:

A dopamina interfere também com o apetite, como visto em pesquisas que apontam essa interferência devido ao envolvimento do sistema de recompensa. Em condições normais, a dopamina participa do controle da fome.

Em uma alteração do sistema e das vias dopaminérgicas, o indivíduo pode comer em maiores quantidades, involuntariamente, a fim de ativar o sistema de recompensa.

Dopamina, Prolactina e Lactação:

A dopamina, produzida na via tuberoinfundibular, é o neurotransmissor que mantem inibida a produção de prolactina pela hipófise. Durante todo esse período da vida em que a mulher não está amamentando, a prolactina deve estar inibida.

Caso ocorra uma desregulação da dopamina, uma redução, essa produção deixa de ser inibida, e com isso têm-se aumento da concentração de prolactina, causando a hiperprolactinemia.

A prolactina por sua vez inibe a produção de gonadotrofinas, e isso pode levar a alterações da libido e outras disfunções sexuais, e desregulação do ciclo menstrual em mulheres, pois a redução de gonadotrofinas leva a redução da produção dos hormônios sexuais envolvidos no ciclo menstrual, o estrogênio e a progesterona.

Atuação no sistema cardiovascular

A dopamina atua também no sistema periférico, sendo um exemplo disso a sua atuação no sistema cardiovascular.

Algumas áreas vasculares possuem receptores dopaminérgicos, especialmente o receptor D1, como nos vasos renais, mesentéricos, coronários, ramos da artéria cerebral média e esplênicos.

Quando esse receptor é ativado ocorre aumento de AMPc, e com isso, a vasodilatação desses vasos.

A dopamina também consegue ativar receptores β (Beta). Ao ativar os receptores β1, promove efeitos no coração, como o efeito inotrópico positivo (aumentando a força de contração cardíaca) e efeito cronotrópico positivo (aumento da frequência cardíaca).

Também pode ativar os receptores β1, promovendo a vasodilatação.

E a dopamina pode ainda ativar os receptores α (alfa). Essa ativação leva a efeitos em αcomo a vasoconstricção.

Você imaginava que a dopamina podia estar envolvida em tantos sistemas assim? Que tantos efeitos pudessem ser realizados por uma única substância?

Falta de dopamina:

A falta de dopamina pode causar doenças como Depressão, Esquizofrenia e Mal de Parkinson, além de outros sintomas que afetam a qualidade de vida. Listamos, a seguir, os principais sintomas da diminuição de dopamina no  organismo:
  • câimbras musculares;
  • espasmos;
  • tremores;
  • dores de cabeça e no corpo;
  • rigidez muscular;
  • perda de equilíbrio;
  • constipação;
  • dificuldade em mastigar ou engolir;
  • problemas para dormir ou distúrbios do sono;
  • indisposição;
  • falta de concentração;
  • comprometimento de locomoção e movimento;
  • sensação de fatiga, desmotivação ou tristeza;
  • mudanças de humor repentinas.

Kit Farinhaço 3 Potes Energia Tirosina/Dopamina E GANHE o livro Emagrecimento Saudável

Qual é a função da tirosina?

A tirosina desempenha funções importantes em diversas partes do corpo. Ela é constituinte da maioria das proteínas, ajudando na construção de fibras musculares e na estrutura de diversos órgãos.

Além disso, ela é importante na síntese de neurotransmissores como a dopamina, a noradrenalina e a epinefrina – que são associadas a efeitos antidepressivos -, e de hormônios como a melanina – que dá cor à pele, olhos e ao cabelo.

Benefícios da tirosina:

Por estar ligada à produção de neurotransmissores e hormônios, a tirosina pode, quando em concentração adequada, impulsionar uma série de benefícios, confira alguns:

  • Melhorar a concentração e a flexibilidade cognitiva, que é a capacidade de executar atividades divergentes ao mesmo tempo;
  • Afetar o humor, a motivação, a qualidade de sono, o nível de aprendizado e a memória;
  • Ajudar no controle motor e na recuperação muscular;
  • Estimular a disposição física e retardar o cansaço.

Modo de usar:

1 opção: Coloque 1 a 2 colheres de sopa em uma coqueteira ou em um copo de liquidificador , e adicione 300ml de leite desnatado de saquinho de preferência ou em um copo de suco.

Agite por volta de 30 segundos e está pronto para consumo.

2 opção: Misture junto com frutas e iogurtes naturais.

3 opção: Coloque 1 colher no copo de suco de sua preferência, mexendo bem e tome.

4 opção: Misture o Farinhaço com banana e coloque em cima de torradas e tome no café da manhã.

5 opção: Coloque 1 colher em um copo de água, mexa bem e tome em seguida.

Faça da maneira que vc mais gostar! Invente a sua !!!!

Kit Farinhaço 3 Potes Energia Tirosina/Dopamina E GANHE magnésio DIMALATO

Contém pequenos derivados de trigo e aveia.

Pode conter leite, soja e ovos.

Contém Glúten.

Informação adicional

Peso 1,500 kg
WhatsApp chat